Hipódromo Ruínas da Cidade de Miróbriga é o unico hipódromo Romano conhecido em Portugal, comportaria cerca de 25000 espectadores

Hipódromo das Ruínas da Cidade de Miróbriga

Monumentos no Litoral Alentejano

O Hipódromo das Ruínas Cidade de Miróbriga é o único hipódromo Romano conhecido em Portugal, comportaria cerca de 25000 espectadores reportando-se a sua construção, possivelmente ao Séc.II d.C e o auge da sua utilização terá correspondido ao Séc.III d.C.

As ruínas do Hipódromo da Cidade de Miróbriga, situam-se aproximadamente a 1 km. Mede 370 m por 75 m sendo dividido ao meio pela “spina” possuindo uma meta em cada extremidade.

Apesar do seu mau estado de conservação podem-se ver as fundações da Spina e também de vários compartimentos, que seriam os Cárceres, locais das cavalariça e onde recolhiam os carros de corrida.

O hipódromo servia para corridas de carros puxados por dois ou quatro cavalos (brigas/quadrigas).

Reconhecido por Cruz e Silva em 1949 quando da construção de uma estrada que afectou parcelarmente a zona da entrada, este estudioso promoveu trabalhos arqueológicos no local e efectuou a primeira planta conjectural do hipódromo.

Posteriormente o imóvel foi escavado por D. Fernando de Almeida, tendo sido ainda efectuadas sondagens pela equipa luso-americana, que contribuíram para definir mais exactamente as suas características, e feito novo levantamento das suas estruturas.

De bancadas perenes ou pétreas e do derrube das mesmas não existem quaisquer referências ou vestígios arqueológicos. Pode admitir-se, portanto, que as mesmas fossem construídas de madeira

O Hipódromo das Ruínas Cidade de Miróbriga é o único hipódromo Romano conhecido em Portugal, comportaria cerca de 25000 espectadores.
DutchEnglishFrenchGermanItalianNorwegianPortugueseSpanish
error: Content is protected !!